NOTÍCIAS

20 DE MAIO DE 2022
Campanha #AdotaréAmor entrará em campo em 27 jogos do Brasileirão

Para marcar o Dia Nacional da Adoção, em 25 de maio, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contará em 2022 com a parceria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que, junto com os times do Brasileirão – séries A e B –, entrará em campo para promover o direito das crianças brasileiras de conviver em família. A participação da CBF dá mais visibilidade à campanha #AdotarÉAmor, que chega à sexta edição com o twittaço a partir das 10h da próxima quarta-feira (25/5) e iluminação roxa em prédios públicos.

O CNJ disponibilizou diversos conteúdos gráficos – capa para as redes sociais, material para Twitter, Instagram, Facebook e Stories. A mesma identidade visual estará estampada em faixas da campanha a serem exibidas nos 27 jogos da 7ª rodada do Brasileirão, entre os dias 21 e 30 de maio, com os dizeres “Adotar é amor. 25 de maio – Dia Nacional da Adoção. www.cnj.jus.br/adocao”. A expectativa é que a CBF e os times também participem do Twittaço no dia 25 de maio e ampliem o apoio para que mais crianças encontrem uma família substituta.

Campanha

No ar desde 2017, a campanha Adotar é Amor promove uma mobilização digital, com o propósito de engajar os internautas em favor da adoção. O convite vai além dos tribunais e órgãos do Judiciário: a sociedade, influenciadores e personalidades podem postar nas redes sociais a hashtag #AdotarÉAmor e colocar a adoção nos assuntos mais comentados do dia. A ação tem o objetivo de mobilizar e sensibilizar as pessoas sobre a adoção, levar informação e desmitificar o tema.

Em seu primeiro ano, o movimento contou com o apoio do time paulista Corinthians, que entrou em campo com a hashtag #AdotarÉAmor. Em 2018, a tag ficou em primeiro lugar dos trending topics do Twitter, como assunto mais comentado naquela manhã. Em 2019, a web se mobilizou para colocar a adoção na lista dos 20 assuntos mais comentados do Twitter. Em 2020, a campanha reuniu o maior número de personalidades públicas em favor da causa, entre elas: Leandra Leal, Giovanna Ewbank, Taís Araújo, Preta Gil, Elza Soares, Fernanda Paes Leme, Maju Coutinho e Daniela Mercury. Já em 2021, a campanha permaneceu nos trending topics do Twitter, sendo destaque durante todo o dia. Também participaram do movimento a cantora Daniela Mercury, a jornalista Rachel Sherazade e a influenciadora Juliette.

O CNJ tem 890 mil seguidores no Twitter. O órgão também conta com perfis no Facebook, com 1,8 milhões de seguidores; no Instagram, com 827 mil seguidores; no LinkedIn, com 95 mil seguidores; e canal no YouTube, com 84,3 mil inscritos.

Adoção

Segundo dados do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA), há pouco mais de 4,1 mil crianças e adolescentes aptas para adoção. Dessas, a maior parte não está mais na faixa etária da primeira infância: 3.237 têm mais de seis anos. Apenas 282 são bebês, com menos de dois anos de idade.

Nos últimos anos, o CNJ tem registrado um número maior de adoções de crianças de “difícil colocação” – deficientes, com doenças, grupos de irmãos ou crianças mais velhas. Atualmente, cerca de 17% das crianças aptas para adoção têm problemas de saúde; 10% têm algum tipo de deficiência; 2207 possuem um irmão ou mais. Também estão habilitados no SNA mais de 33,1 mil pretendentes.

Lenir Camimura
Agência CNJ de Notícias

Macrodesafio - Garantia dos direitos fundamentais

The post Campanha #AdotaréAmor entrará em campo em 27 jogos do Brasileirão appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Portal CNJ

26 DE JUNHO DE 2022
Cursos para utilização da Plataforma Digital têm novo cronograma

Os cursos de Java Avançado, Angular.js e Testes Automatizados, parte do ciclo de capacitações para apoiar a...


Portal CNJ

26 DE JUNHO DE 2022
Tribunal militar do RS adota Libras em todas as sessões de julgamento

Para ampliar as opções de acessibilidade e transparência, o Tribunal de Justiça Militar do Rio Grande do Sul...


Portal CNJ

26 DE JUNHO DE 2022
Justiça Eleitoral lança sistema para receber denúncias sobre desinformação

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou, na terça-feira (21/6), o Sistema de Alerta de Desinformação Contra...


Portal CNJ

26 DE JUNHO DE 2022
Paraná quer garantir tratamento penal humanizado às pessoas indígenas

Grupo de trabalho instituído pelo Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), em parceria com outros órgãos do...


Portal CNJ

26 DE JUNHO DE 2022
Perspectiva de gênero fundamenta decisão da Vara do Trabalho de Parauapebas

A 1ª Vara do Trabalho de Parauapebas (PA), unidade do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (TRT8),...


Portal CNJ

24 DE JUNHO DE 2022
Mudança de nome e gênero nos documentos traz esperança a pessoas trans

Identificado com o gênero feminino no nascimento, Danilo Alves buscou no início da vida adulta a transformação...


Portal CNJ

24 DE JUNHO DE 2022
CNJ Serviço: Pessoa trans pode alterar nome e gênero em cartório

A mudança de nome e gênero nos documentos é possível hoje em dia sem a necessidade de ação judicial. Qualquer...


Portal CNJ

24 DE JUNHO DE 2022
Turma de 2022 sobre Marco da Primeira Infância recebe inscrições até outubro

O curso on-line Marco Legal da Primeira Infância, oferecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ficará com...


Anoreg RS

24 DE JUNHO DE 2022
Prazo para envio de propostas de enunciados para a “I Jornada de Direito Notarial e Registral” termina na próxima segunda (27)

Termina na próxima segunda-feira (27/06) o prazo para envio de propostas de enunciados para a “I Jornada de...


Portal CNJ

24 DE JUNHO DE 2022
SireneJud reforça transparência de processos judiciais sobre meio ambiente

O Painel Interativo Nacional de Dados Ambiental e Interinstitucional (SireneJud) e suas possibilidades de uso pela...